“Ovelha Negra” da Rita Lee atinge a marca de 10 milhões de streams

"Ovelha Negra" da Rita Lee Atinge a Marca de 10 Milhões de Streams

Imagine só: estamos em 2023, e uma música lançada há quase 50 anos continua a mover multidões – sim, estou falando de “Ovelha Negra”, o hit atemporal de Rita Lee que acaba de cravar a impressionante marca de 10 milhões de streams no Spotify. E não é para menos, pois com mais de 3.4 milhões de ouvintes mensais, Rita Lee é a prova que mesmo depois da morte de seu autor, a boa música não conhece prazo de validade.

“Ovelha Negra” faz parte do album “Fruto Proibido” de 1975

O cenário é o seguinte: você abre o Spotify, aquele app que já se tornou seu melhor amigo para todos os momentos, e lá está ela, “Ovelha Negra”, encabeçando playlists e conquistando novos fãs. É como se a cada play, a história se reinventasse e a energia de 1975, ano em que o álbum “Fruto Proibido” foi lançado, fosse trazida para o agora.

“Ovelha Negra” encerrou o álbum de Rita Lee com um estouro, consagrando-se como um hino de liberdade e aceitação das diferenças, e olha que estamos falando de uma época onde a diversidade ainda engatinhava em termos de discussão social. Essa faixa se destacou nas rádios, dominou as paradas e até ganhou um espaço no “Fantástico”, o que naqueles tempos, era o passaporte para o estrelato.

Não perca a chance de possuir um pedaço da história da música brasileira com o CD Fan Box Rita Lee ‘Fruto Proibido’ – uma edição de colecionador que é tão atemporal quanto a própria diva do rock!”

Pai de Rita Lee ficou perplexo ao ouvir a filha cantar

Agora, vamos adicionar um pouco mais de sabor a essa história: imagine a cena do pai de Rita Lee, Charles, sintonizando em uma estação de rádio – daquelas que só tocam modão caipira – e de repente, o que ele ouve? A voz inconfundível da filha cantando “Ovelha Negra”. Podemos dizer que foi um choque cultural e tanto para o senhor Charles, que, perplexo, foi pedir explicações para a cantora.

Esse é o poder transformador da música. “Ovelha Negra” não foi apenas uma música que quebrou padrões, foi uma declaração de independência, um grito de autenticidade que reverbera até hoje nos fones de ouvido e alto-falantes dos jovens. E a verdade é que Rita Lee não só marcou gerações, como continua a dialogar com um público vibrante e questionador que busca, a cada dia, a sua própria voz.

Agora, a pergunta que fica é: você já deu o seu play hoje em “Ovelha Negra” ?

Não perca a chance de possuir um pedaço da história da música brasileira com o CD Fan Box Rita Lee ‘Fruto Proibido’ – uma edição de colecionador que é tão atemporal quanto a própria diva do rock!”

Créditos de imagem: Divulgação – Universal Music.


Descubra mais sobre Portal PLOP

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Compartilhe o artigo!
Shareable URL
Post anterior

Elizângela, ícone da TV brasileira, falece aos 68 anos

Next Post

São Paulo retorna aos anos 2000 com o Festival Replay!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia o próximo

Descubra mais sobre Portal PLOP

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading